Inconstitucionalidade da Conversão do Agravo de Instrumento em Retido (Art. 527, parágrafo único do CPC).

Retoma-se o tema da decisão do relator que determina, com base no parágrafo único do art. 527 do CPC, a conversão do agravo de instrumento em retido. Já se indicou, a esse respeito, doutrina sobre a admissibilidade do mandado de segurança contra tal ato judicial. Agora, reproduzir-se-á excertos de trabalho em que se sustenta a inconstitucionalidade do mencionado preceito, com base no fundamento de que ele alteraria as hipóteses – constitucionalmente estabelecidas - de cabimento dos recursos especial e extraordinário, subtraindo das Cortes Superiores o controle de ‘causas decididas’ em ‘última instância’.

 

Preceitos Legais Examinados

art. 527. Recebido o agravo de instrumento no tribunal, e distribuído incontinenti, o relator:
(…)
II - converterá o agravo de instrumento em agravo retido, salvo quando se tratar de decisão suscetível de causar à parte lesão grave e de difícil reparação, bem como nos casos de inadmissão da apelação e nos relativos aos efeitos em que a apelação é recebida, mandando remeter os autos ao juiz da causa;
(…)
Parágrafo único. A decisão liminar, proferida nos casos dos incisos II e III do caput deste artigo, somente é passível de reforma no momento do julgamento do agravo, salvo se o próprio relator a reconsiderar.

Art. 102 - Compete ao Supremo Tribunal Federal, precipuamente, a guarda da Constituição, cabendo-lhe:
(…)
III - julgar, mediante recurso extraordinário, as causas decididas em única ou última instância, quando a decisão recorrida:

Art. 105 - Compete ao Superior Tribunal de Justiça:
(…)
III julgar, em recurso especial, as causas decididas, em única ou última instância, pelos Tribunais Regionais Federais ou pelos Tribunais dos Estados, do Distrito Federal e Territórios, quando a decisão recorrida:

 

Sobre o resultado prático da aplicação do parágrafo único do art. 527 do CPC

ProcessoeConstituicao Fabiano Carvalho, Problemas da conversão do agravo de instrumento em agravo retido e inconstitucionalidade do parágrafo único do art. 527 do CPC, in Processo e Constituição, Estudos em Homenagem ao Professor José Carlos Barbosa Moreira, coord Luiz Fux, Nelson Nery Jr e Teresa Arruda Alvim Wambier.

“A redação dessa norma é extremamente defeituosa. A expressão ‘somente é passível de reforma no momento do julgamento do agravo’ expressa verdadeira incoerência à estrutura sistemática do processo.

 

Ao converter o regime de agravo, o tribunal deverá remeter os autos ao juiz da causa, onde serão apensados aos autos principais. Por sua vez, o §1º do art. 523 do CPC impõe ao agravante o ônus de requerer expressamente, nas razões ou contra-razões de apelação, a apreciação do agravo retido pelo tribunal. Nesse quadro, não tem sentido algum seja a decisão de conversibilidade ‘reformada’ no momento do julgamento do agravo retido para ‘reconvertê-lo’ em agravo de instrumento, uma vez que o objeto dos agravos (instrumento e retido) é o mesmo: decisão interlocutória que resolveu questão incidente no curso do procedimento de primeiro grau”.

 

 

Sobre a Inconstitucionalidade do Parágrafo único do Art. 527 do CPC

 

Afigura-se-nos que a equação de inconstitucionalidade do parágrafo único do art. 527 do CPC deve ser armada em outros termos, mais especificamente à luz dos arts. 102,III e 105,III, ambos da CF.

(…)

Nesse contexto, tem-se que a matéria relacionada à conversibilidade do regime de agravo está compreendida na locução ‘causas decididas em única ou última instância’, uma vez que essa decisão é ato final, que põe termo ao procedimento recursal perante o tribunal, dele não cabendo recurso ‘ordinário’. Como a decisão do relator é de ‘última instância’, decidida pelo tribunal (do Estado, do Distrito Federal ou do Regional Federal), ela deve ser impugnada por meio de recurso extraordinário e/ou recurso especial.

(…)

A restrição imposta pelo parágrafo único do art. 527 do CPC, instituído pela Lei 11.187/2005 é inconstitucional. A inconstitucionalidade desse dispositivo resulta do fato de ele estar em manifesta desconformidade com normas da Constituição (arts. 102,III, 105,III, ambos da CF), porquanto impede que o texto constitucional seja aplicado com vistas à produção de efeitos práticos. Aceitar a norma é admitir que a decisão do relator tenha efeito no sistema, ainda que contrária à Constituição ou à lei federal. Em outras palavras, a decisão do relator não poderá ser controlada pelos Tribunais de Superposição.

 

Exemplos de Algumas das Demais Questões Abordadas no Texto.

  • Tendo em vista que a interposição do agravo retido independe de preparo, a potencial conversão do agravo de instrumento (que exige o atendimento desse requisito) gera problemas atinentes à necessidade e forma do recolhimento, e à possibilidade de devolução do numerário, hipóteses abordadas no trabalho.
  • Dada a distinção entre os requisitos de admissibilidade do agravo de instrumento e do retido, coloca-se a questão de saber se a verificação do cumprimento do ônus da juntada de cópia do agravo de instrumento no juízo singular (previsto no parágrafo único do art. 526 do CPC) haverá de preceder a conversão.
  • Cuida-se também do momento em que os demais requisitos de admissibilidade (cuja inexistência acarreta, também, decisão monocrática de não conhecimento, a teor do art. 557 do CPC) recursais deverão ser apurados: se antes da conversão, ou somente no eventual julgamento do agravo retido convertido.
  • Aborda-se, ainda, o problema, concernente à conversão ocorrida após a prolatação da sentença, e da apresentação da peça (razões ou contra-razões) recursal em que se deveria reiterar o pedido de apreciação do agravo (CPC art. 523).

COMENTÁRIOS

BLOGGER
Nome

Ação de Nunciação de Obra Nova,1,Ação Declaratória,2,Ação Demolitória,1,Ação Rescisória,6,Agravo de Instrumento,1,Agravo de Instrumento - Lei 11.187/05,15,Apelação,3,Arbitragem,3,Assistência,1,Autores Convidados,7,Coisa Julgada,4,Coronavírus,2,Cumprimento da Sentença - Lei 11.232/05,33,Direito Administrativo,4,Direito Civil,22,Direito Constitucional,9,Direito do Consumidor,3,Direito do Trabalho,5,Direito Penal,7,Direito Romano,1,Divórcio - Separação - Inventário Extrajudiciais - Lei 11.441/07,11,Embargos de Declaração,3,Embargos de Terceiro,2,Estatuto do Estrangeiro,1,Estatuto do Idoso,1,Exceção de Pré-Executividade - Objeção de Executividade,3,Execução Civil,17,Execução de Alimentos,1,Execução de Títulos Extrajudiciais,1,Execução de Títulos Extrajudiciais - Lei 11.382/06,22,Fichamentos,4,Habeas Data,1,Honorários Advocatícios,4,Intervenção de Terceiros,1,Juizados Especiais da Fazenda Pública,2,Juizados Especiais Estaduais,3,Jurisprudência,52,Lei de Execução Penal,4,Lei de Improbidade Administrativa,1,Lei de Licitações,2,Litispendência,2,Locação - Despejo,8,Mandado de Segurança,8,Miscelânea,13,Modelo de Ação de Despejo Por Falta de Pagamento de Alugueres e Denúncia Vazia c/c Cobrança - Locação Comercial,1,Modelo de Agravo Regimental - Agravo Interno,1,Modelo de Contestação,2,Modelo de Contra-Razões a Recurso Extraordinário,1,Modelo de Embargos de Declaração,1,Modelo de Inicial de Guarda de Menor c/c Alimentos com Liminar,1,Modelo de Mandado de Segurança,1,Modelo de Notificação - Denúncia Vazia - Locação Comercial,1,Modelo de Petição - Todos os Trabalhos Forenses,33,Modelo de Petição de Devolução de Prazo,1,Modelo de Petição Inicial de Ação de Imissão de Posse,1,Modelo de Petição Inicial de Ação Declaratória de Nulidade de Retificação de Registro de Imóvel,1,Modelo de Petição Inicial de Alimentos Gravídicos,1,Modelo de Reconvenção,1,Modelo de Recurso Especial,1,Modelo de Recurso Extraordinário,2,Modelos,6,Modelos de Agravo de Instrumento,2,Modelos de Apelação,1,Modelos de Inicial de Execução de Título Extrajudicial,1,Modelos de Petição de Parcelamento da Dívida - Art. 745-A do CPC,1,Novo CPC,10,Oposição,1,Procedimento Sumário,3,Processo Civil,128,Prova Final - TV Justiça,1,Querela Nullitatis,1,Recursos Repetitivos STJ - Art. 543-C - Lei 11.672/08,2,Reformas do CPC,73,Responsabilidade Civil,2,Resumos e Sumários,4,Saber Direito - TV Justiça,1,STF - Julgamentos em Vídeo - TV Justiça,71,Vídeo Aula,3,
ltr
item
Direito Integral: Inconstitucionalidade da Conversão do Agravo de Instrumento em Retido (Art. 527, parágrafo único do CPC).
Inconstitucionalidade da Conversão do Agravo de Instrumento em Retido (Art. 527, parágrafo único do CPC).
http://lh6.ggpht.com/direitointegral/SP6JfXEyYBI/AAAAAAAAARY/Ybehl4OuB-E/ProcessoeConstituicao%5B4%5D.jpg?imgmax=800
http://lh6.ggpht.com/direitointegral/SP6JfXEyYBI/AAAAAAAAARY/Ybehl4OuB-E/s72-c/ProcessoeConstituicao%5B4%5D.jpg?imgmax=800
Direito Integral
https://www.direitointegral.com/2008/10/conversao-agravo-art527.html
https://www.direitointegral.com/
https://www.direitointegral.com/
https://www.direitointegral.com/2008/10/conversao-agravo-art527.html
true
6772473616993954239
UTF-8
Todas as postagens carregadas Nenhuma postagem encontrada VEJA TODOS Ler mais Responder Cancelar Resposta Delete Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver todas RECOMENDADO PARA VOCÊ Assuntos ARQUIVO SEARCH TODAS AS POSTAGENS Nenhuma postagem encontrada coincide com a sua busta Back Home Domingo Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Siga THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Sumário