Precatório. Juros de Mora. Não Incidência Durante o Prazo Para Pagamento. Repercussão Geral da Questão. Julgamentos do STF em Vídeo. RE 591085. 04/12/08

No julgamento a seguir reproduzido, relativo ao recurso extraordinário 591085,  o plenário do STF:


assentou, por maioria, não incidirem juros de mora no período compreendido entre a data da expedição do precatório e o prazo (de 18 meses) para seu pagamento, previsto no §1º do art. 100 da Constituição.


reconheceu possuir a questão repercussão geral.

 

 

 Artigo 100, §1º da CF. Precatórios e Prazo para pagamento.

 

A Corte ainda:

 

consignou que aos recursos futuros versando idêntica questão aplicar-se-á a sistemática do art. 543-B, §3º do CPC.


quanto aos já distribuídos, cada Ministro optará, segundo lhe aprouver, por julgá-los ou por determinar o retorno à origem, nos termos do mencionado preceito.

 

O acórdão restou assim ementado:

 

CONSTITUCIONAL. PRECATÓRIOS. JUROS DE MORA. INCIDÊNCIA DURANTE O PRAZO PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO PARA SEU PAGAMENTO. IMPOSSIBILIDADE. ART. 100, § 1º (REDAÇÃO ORIGINAL E REDAÇÃO DADA PELA EC 30/2000), DA CONSTITUIÇÃO.

 

I - QUESTÃO DE ORDEM. MATÉRIA DE MÉRITO PACIFICADA NO STF. REPERCUSSÃO GERAL RECONHECIDA. CONFIRMAÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA. DENEGAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS QUE VERSEM SOBRE O MESMO TEMA. DEVOLUÇÃO DESSES RE À ORIGEM PARA ADOÇÃO DOS PROCEDIMENTOS PREVISTOS NO ART. 543-B, § 3a, DO CPC. PRECEDENTES: RE 579.431-QO/RS, RE 582.650-QO/BA, RE 580.108-QO/SP, MIN. ELLEN GRACIE; RE 591.068-QO/PR, MIN. GILMAR MENDES; RE 585.235-QO/MG, REL. MIN. CEZAR PELUSO.

 

II - Julgamento de mérito conforme precedentes.

 

III - Recurso provido.

 

Para fazer o download da decisão, clique na imagem seguinte:STF. Jurisprudência.

 

 

Proposta de Verbete Vinculante de Súmula

 

Formulou, também, o Ministro Ricardo Lewandowski proposta de “súmula vinculante”, sugerindo a seguinte redação ao verbete:

 

Os juros de mora não incidem, durante o prazo para pagamento dos precatórios previsto no artigo 100,§1º, da Constituição Federal, tanto em sua redação original quanto naquela dada pela Emenda Constitucional nº 30/2000”

 

 

Destaques da Sessão

 

 

 Precatório e Juros de Mora. Voto Vencido do Ministro Marco Aurélio.

“(…) qual é a natureza jurídica do precatório? É um documento que libera o devedor? É um documento que implica - muito embora submetido o fenômeno a uma condição resolutiva: não pagamento nos 18 meses – implica a liberação do credor?

 

Indaga-se: qual é a consequência prática, econômica e financeira de dizer-se que a mora existe a partir da citação, e que uma vez transitado em julgado o título, transitado em julgado o título englobando até mesmo de forma implícita os juros da mora, nesse longo período que o Estado tem para liquidar o débito - já que o particular tem 24 horas e o Estado tem 18 meses e geralmente não liquida o débito – ele não responde nesse período pelos juros da mora? E se não liquidar nos 18 meses volta-se ao status quo ante para aí sim se calcular os juros da mora.

 

A consequência econômica e financeira é que o credor perde 9% do valor que lhe é devido. A consequência jurídica é que se modifica até mesmo o título executivo judicial, criando-se aí um período em que simplesmente desaparece a mora, quando na verdade esse período é para a liquidação, quando na verdade se deveria ter a liquidação do título o mais rápido possível.

 

Presidente, o precatório já é uma verdadeira via crucis, e eu disse aqui neste plenário que em determinados Estados, como na maior unidade da Federação Brasileira, implica um calote oficial. Simplesmente o Estado diz: - “Devo, não nego, pagarei quando puder”.

 

Disse - e essa voz consta dos anais do Tribunal, em acórdão –, para se ter idéia, o Estado de São Paulo, a maior unidade da federação brasileira, não liquidou até hoje os precatórios alimentares de 1999, e diria de 1998, passados 10 anos. Aí, nesse caso, evidentemente, segundo a jurisprudência do Tribunal, teria havido a suspensão da incidência dos juros da mora, e posteriormente teria voltado o Estado a se mostrar inadimplente.

 

Presidente, repito, a inadimplência é originária, a inadimplência conduziu a uma decisão condenatória, presente obrigação de dar, a inadimplência persiste – nesse prazo, que é um prazo realmente constitucional, de 18 meses, para a liquidação do débito – e não pode, numa interpretação que elastece a meu ver a mais não poder as consequências nefastas do precatório, não pode ser alijada numa interpretação, e numa interpretação que, repito, implica em enriquecimento indevido do Estado, no que ele deixa de satisfazer, se liquidar o precatório – aí a esperança do credor será não liquidar o precatório dentro dos 18 meses – implica a subtração de 9%, 0,5% ao mês do que devido ao credor; mas, como temos inclusive uma PEC que lança os débitos, os créditos dos cidadãos em geral na “bacia das almas”, cogitando-se de liquidação, se aprovada essa pec, a liquidação de débitos em relação àqueles credores que derem o maior desconto em um leilão a ser feito, tudo é possível nesse nosso Brasil.”

COMENTÁRIOS

BLOGGER
Nome

Ação de Nunciação de Obra Nova,1,Ação Declaratória,2,Ação Demolitória,1,Ação Rescisória,6,Agravo de Instrumento,1,Agravo de Instrumento - Lei 11.187/05,15,Apelação,3,Arbitragem,3,Assistência,1,Autores Convidados,7,Coisa Julgada,4,Coronavírus,2,Cumprimento da Sentença - Lei 11.232/05,33,Direito Administrativo,4,Direito Civil,22,Direito Constitucional,9,Direito do Consumidor,3,Direito do Trabalho,5,Direito Penal,7,Direito Romano,1,Divórcio - Separação - Inventário Extrajudiciais - Lei 11.441/07,11,Embargos de Declaração,3,Embargos de Terceiro,2,Estatuto do Estrangeiro,1,Estatuto do Idoso,1,Exceção de Pré-Executividade - Objeção de Executividade,3,Execução Civil,17,Execução de Alimentos,1,Execução de Títulos Extrajudiciais,1,Execução de Títulos Extrajudiciais - Lei 11.382/06,22,Fichamentos,4,Habeas Data,1,Honorários Advocatícios,4,Intervenção de Terceiros,1,Juizados Especiais da Fazenda Pública,2,Juizados Especiais Estaduais,3,Jurisprudência,52,Lei de Execução Penal,4,Lei de Improbidade Administrativa,1,Lei de Licitações,2,Litispendência,2,Locação - Despejo,8,Mandado de Segurança,8,Miscelânea,13,Modelo de Ação de Despejo Por Falta de Pagamento de Alugueres e Denúncia Vazia c/c Cobrança - Locação Comercial,1,Modelo de Agravo Regimental - Agravo Interno,1,Modelo de Contestação,2,Modelo de Contra-Razões a Recurso Extraordinário,1,Modelo de Embargos de Declaração,1,Modelo de Inicial de Guarda de Menor c/c Alimentos com Liminar,1,Modelo de Mandado de Segurança,1,Modelo de Notificação - Denúncia Vazia - Locação Comercial,1,Modelo de Petição - Todos os Trabalhos Forenses,33,Modelo de Petição de Devolução de Prazo,1,Modelo de Petição Inicial de Ação de Imissão de Posse,1,Modelo de Petição Inicial de Ação Declaratória de Nulidade de Retificação de Registro de Imóvel,1,Modelo de Petição Inicial de Alimentos Gravídicos,1,Modelo de Reconvenção,1,Modelo de Recurso Especial,1,Modelo de Recurso Extraordinário,2,Modelos,6,Modelos de Agravo de Instrumento,2,Modelos de Apelação,1,Modelos de Inicial de Execução de Título Extrajudicial,1,Modelos de Petição de Parcelamento da Dívida - Art. 745-A do CPC,1,Novo CPC,10,Oposição,1,Procedimento Sumário,3,Processo Civil,128,Prova Final - TV Justiça,1,Querela Nullitatis,1,Recursos Repetitivos STJ - Art. 543-C - Lei 11.672/08,2,Reformas do CPC,73,Responsabilidade Civil,2,Resumos e Sumários,4,Saber Direito - TV Justiça,1,STF - Julgamentos em Vídeo - TV Justiça,71,Vídeo Aula,3,
ltr
item
Direito Integral: Precatório. Juros de Mora. Não Incidência Durante o Prazo Para Pagamento. Repercussão Geral da Questão. Julgamentos do STF em Vídeo. RE 591085. 04/12/08
Precatório. Juros de Mora. Não Incidência Durante o Prazo Para Pagamento. Repercussão Geral da Questão. Julgamentos do STF em Vídeo. RE 591085. 04/12/08
http://www.dotnetscraps.com/samples/bullets/012.gif
http://lh5.ggpht.com/_npGKrvVoxxU/SbVRote9FJI/AAAAAAAAAh4/1YT9f91-FdQ/s72-c/Artigo%20100%2C%20%C2%A71%C2%BA%20da%20Constitui%C3%A7%C3%A3o%20Federal._thumb%5B4%5D.png?imgmax=800
Direito Integral
https://www.direitointegral.com/2009/03/juros-mora-precatorios-stf.html
https://www.direitointegral.com/
https://www.direitointegral.com/
https://www.direitointegral.com/2009/03/juros-mora-precatorios-stf.html
true
6772473616993954239
UTF-8
Todas as postagens carregadas Nenhuma postagem encontrada VEJA TODOS Ler mais Responder Cancelar Resposta Delete Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver todas RECOMENDADO PARA VOCÊ Assuntos ARQUIVO SEARCH TODAS AS POSTAGENS Nenhuma postagem encontrada coincide com a sua busta Back Home Domingo Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Siga THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Sumário